#MarioBortolotto Instagram Photos & Videos

MarioBortolotto - 986 posts

Advertisements

Advertisements

    "A paz que persigo por toda a minha vida e que sei agora que nunca vou conseguir. Porque é evidente que há pessoas que carregam tempestades dentro de si. O tipo de tempestade sem trégua que afunda navios e destrói cidades e afasta as pessoas que poderiam proporcionar algum tipo de paz. Mas essas pessoas tem mais o que fazer do que estragar suas vidas se metendo nas tempestades alheias. Enfim, não há nada que se possa fazer para evitar tal catástrofe. Há apenas que negociar pequenas pausas onde é possível andar até a janela e evitar a guerrilha noturna que se insinua atrás da cortina." Mário Bortolotto #mariobortolotto #bukowskieoutrascoisas #poema #poesia

    "A paz que persigo por toda a minha vida e que sei agora que nunca vou conseguir. Porque é evidente que há pessoas que carregam tempestades dentro de si. O tipo de tempestade sem trégua que afunda navios e destrói cidades e afasta as pessoas que poderiam proporcionar algum tipo de paz. Mas essas pessoas tem mais o que fazer do que estragar suas vidas se metendo nas tempestades alheias. Enfim, não há nada que se possa fazer para evitar tal catástrofe. Há apenas que negociar pequenas pausas onde é possível andar até a janela e evitar a guerrilha noturna que se insinua atrás da cortina." Mário Bortolotto #mariobortolotto #bukowskieoutrascoisas #poema #poesia

    11 0 11 March, 2019
    Depois de várias tentativas, finalmente consegui ver a peça "Três Mudanças" no Sesc Ipiranga.
Um casal (Nate e Laurel) viviam suas vidas normalmente até que chegou, de forma inesperada, Hal (irmão de Nate). Hal pede pra ficar uns dias na casa do casal, até terminar de escrever seu livro, como forma de tentar se reerguer, depois da sua jornada da série de TV até a saída da reabilitação, por problemas de drogas e das bebidas alcoólicas.
O que era pra ser uma estadia temporária se transforma num drama cheia de mudanças e incríveis revelações. Relações extra-conjugais, tentativas frustradas de ter um filho, solidão, carência, desemprego e depressão são os fatores que deixaram a peça mais fortes e marcantes.
Eu, particularmente, fiquei impressionado com a realidade que a peça apresentou! Tão real e tão impactante, que na minha cabeça tentei encaixar os acontecimentos e obtive a surpresa de várias "revira voltas" no decorrer do trama.
Amei demais a peça e sou grato ao Sesc Ipiranga e  ao elenco que me recebeu super bem. Obrigado por tudo!
.
#SescIpiranga (@sescipiranga) #TresMudanças #NickySilver #MarioBortolotto #ClaraCarvalho #CarolinaManica #Drama #Arte #Cultura #Teatro #SescSP #VamosAoTeatro #VáAoTeatro #BoaNoite

    Depois de várias tentativas, finalmente consegui ver a peça "Três Mudanças" no Sesc Ipiranga.
    Um casal (Nate e Laurel) viviam suas vidas normalmente até que chegou, de forma inesperada, Hal (irmão de Nate). Hal pede pra ficar uns dias na casa do casal, até terminar de escrever seu livro, como forma de tentar se reerguer, depois da sua jornada da série de TV até a saída da reabilitação, por problemas de drogas e das bebidas alcoólicas.
    O que era pra ser uma estadia temporária se transforma num drama cheia de mudanças e incríveis revelações. Relações extra-conjugais, tentativas frustradas de ter um filho, solidão, carência, desemprego e depressão são os fatores que deixaram a peça mais fortes e marcantes.
    Eu, particularmente, fiquei impressionado com a realidade que a peça apresentou! Tão real e tão impactante, que na minha cabeça tentei encaixar os acontecimentos e obtive a surpresa de várias "revira voltas" no decorrer do trama.
    Amei demais a peça e sou grato ao Sesc Ipiranga e ao elenco que me recebeu super bem. Obrigado por tudo!
    .
    #SescIpiranga (@sescipiranga ) #TresMudanças #NickySilver #MarioBortolotto #ClaraCarvalho #CarolinaManica #Drama #Arte #Cultura #Teatro #SescSP #VamosAoTeatro #VáAoTeatro #BoaNoite

    21 0 10 March, 2019

Advertisements

    Teatro] "Tudo que Dói" segue em temporada até 14 de março no Cemitério de Automóveis...
.
.
A peça, contemplada pela 8ª edição do Prêmio Zé Renato de Circulação, conta a história de um escritor de passado misterioso que vive há anos isolado em uma pequena cidade, e está prestes a ter sua vida revirada pelo reencontro com a filha, a quem não vê há muitos anos...
.
.
O espetáculo volta à cena para curta temporada, onde fica até final de março. No elenco estão Carcarah, Débora Sttér, Renata Becker, Liz Reis, Marcos Amaral, Nelson Peres e Walter Figueiredo...
.
.
Serviço
Local: Espaço Cultural Cemitério de Automóveis. R. Frei Caneca, 384 – Consolação- São Paulo.
Temporada: Até 14/3. Quartas e quintas, 21h.
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$10,00 (meia-entrada).
Classificação: 14 anos.
Informações: (11) 2371-5743...
.
.
.
.
#obeijobr #espalheobeijo #tudoquedoi #cemiteriodeautomoveis #mariobortolotto

    Teatro] "Tudo que Dói" segue em temporada até 14 de março no Cemitério de Automóveis...
    .
    .
    A peça, contemplada pela 8ª edição do Prêmio Zé Renato de Circulação, conta a história de um escritor de passado misterioso que vive há anos isolado em uma pequena cidade, e está prestes a ter sua vida revirada pelo reencontro com a filha, a quem não vê há muitos anos...
    .
    .
    O espetáculo volta à cena para curta temporada, onde fica até final de março. No elenco estão Carcarah, Débora Sttér, Renata Becker, Liz Reis, Marcos Amaral, Nelson Peres e Walter Figueiredo...
    .
    .
    Serviço
    Local: Espaço Cultural Cemitério de Automóveis. R. Frei Caneca, 384 – Consolação- São Paulo.
    Temporada: Até 14/3. Quartas e quintas, 21h.
    Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$10,00 (meia-entrada).
    Classificação: 14 anos.
    Informações: (11) 2371-5743...
    .
    .
    .
    .
    #obeijobr #espalheobeijo #tudoquedoi #cemiteriodeautomoveis #mariobortolotto

    36 0 27 February, 2019
    Três Mudanças, de Nicky Silver. Direção de Mário Bortolotto. De sexta a domingo, até 10/3, no SESC Ipiranga.
Um casal com idades entre 35 e 40 recebem, como hóspede, o irmão mais velho (Nilton Bicudo), recém saído de uma clínica de reabilitação. O irmão mais novo (Bruno Guida) tem sérias restrições à presença do mais velho, e também sentimentos contraditórios com relação a ele. A cunhada (Carolina Mânica), ao contrário, nutre alguma admiração pelo cunhado. Mas as coisas desandam quando o irmão mais velho abriga, na casa do casal, um jovem morador de rua, pelo qual se apaixona. É o início da derrocada do dono da casa, que vê desmoronarem seu casamento, a relação com sua amante (Renata Becker), seu emprego e, finalmente, seu lar. O final hamletiano mostra o irmão mais velho como o usurpador do "trono" (lar) e da cama (a esposa) do caçula. Com Três Mudanças, Nicky Silver ataca as instituições do casamento e da família tradicional. Pior: numa época em que os grupos identitários defendem a adoção de novos modelos familiares, Silver mostra que nenhum modelo escapa dos defeitos congênitos - a nova "família" de Três Mudanças nasce de um comportamento criminoso. Um elogio para Nilton Bicudo (equilibra-se muito bem entre a maldade e o messianismo) e para Mário Bortolotto, cuja famosa economia na direção torna Três Mudanças um excelente espetáculo.
#tresmudancas #nickysilver #mariobortolotto #sescipiranga #sesc #teatro

    Três Mudanças, de Nicky Silver. Direção de Mário Bortolotto. De sexta a domingo, até 10/3, no SESC Ipiranga.
    Um casal com idades entre 35 e 40 recebem, como hóspede, o irmão mais velho (Nilton Bicudo), recém saído de uma clínica de reabilitação. O irmão mais novo (Bruno Guida) tem sérias restrições à presença do mais velho, e também sentimentos contraditórios com relação a ele. A cunhada (Carolina Mânica), ao contrário, nutre alguma admiração pelo cunhado. Mas as coisas desandam quando o irmão mais velho abriga, na casa do casal, um jovem morador de rua, pelo qual se apaixona. É o início da derrocada do dono da casa, que vê desmoronarem seu casamento, a relação com sua amante (Renata Becker), seu emprego e, finalmente, seu lar. O final hamletiano mostra o irmão mais velho como o usurpador do "trono" (lar) e da cama (a esposa) do caçula. Com Três Mudanças, Nicky Silver ataca as instituições do casamento e da família tradicional. Pior: numa época em que os grupos identitários defendem a adoção de novos modelos familiares, Silver mostra que nenhum modelo escapa dos defeitos congênitos - a nova "família" de Três Mudanças nasce de um comportamento criminoso. Um elogio para Nilton Bicudo (equilibra-se muito bem entre a maldade e o messianismo) e para Mário Bortolotto, cuja famosa economia na direção torna Três Mudanças um excelente espetáculo.
    #tresmudancas #nickysilver #mariobortolotto #sescipiranga #sesc #teatro

    22 1 24 February, 2019

Advertisements

    "Tudo que Dói”, peça com texto e direção de Mário Bortolotto e contemplada pelo 8º Prêmio Zé Renato de Circulação, volta à cena para curta temporada no (agora rebatizado) Espaço Cultural Cemitério de Automóveis, onde fica até final de março, seguindo por outros teatros de São Paulo até o fim de maio. No elenco, Carcarah, Débora Sttér, Renata Becker, Liz Reis, Marcos Amaral, Nelson Peres e Walter Figueiredo.
Em “Tudo Que Dói”, Mario Bortolotto nos transporta ao universo sombrio de um escritor de passado misterioso que vive há anos isolado em uma pequena cidade. Num texto que navega entre a comoção, o humor e a ironia, aos poucos a história obscura deste homem vai se revelando ao ser confrontado com a volta da filha de quem está separado há muitos anos.
REESTREIA: 20 de fevereiro (4ªf), às 21h
LOCAL: Espaço Cultural Cemitério de Automóveis (novo nome) -Rua Frei Caneca, 384, Consolacao / SP
HORÁRIOS: quartas e quintas às 21h / INGRESSOS: R$20,00 e R$10,00 (meia) / HORÁRIO FUNCIONAMENTO DA BILHETERIA: nos dias do espetáculo das 19h às 21h / CAPACIDADE: 35 pessoas / DURAÇÃO: 90 min / GÊNERO: drama / CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 14 anos / TEMPORADA: até 14 de março
@jspontes_comunicacao
@mariobortolotto
#tudoquedoi#eca#reestreia#mariobortolotto#espacoculturalcemiteriodeautomoveis#reestreia#sp#20defevereiro#21h#

    "Tudo que Dói”, peça com texto e direção de Mário Bortolotto e contemplada pelo 8º Prêmio Zé Renato de Circulação, volta à cena para curta temporada no (agora rebatizado) Espaço Cultural Cemitério de Automóveis, onde fica até final de março, seguindo por outros teatros de São Paulo até o fim de maio. No elenco, Carcarah, Débora Sttér, Renata Becker, Liz Reis, Marcos Amaral, Nelson Peres e Walter Figueiredo.
    Em “Tudo Que Dói”, Mario Bortolotto nos transporta ao universo sombrio de um escritor de passado misterioso que vive há anos isolado em uma pequena cidade. Num texto que navega entre a comoção, o humor e a ironia, aos poucos a história obscura deste homem vai se revelando ao ser confrontado com a volta da filha de quem está separado há muitos anos.
    REESTREIA: 20 de fevereiro (4ªf), às 21h
    LOCAL: Espaço Cultural Cemitério de Automóveis (novo nome) -Rua Frei Caneca, 384, Consolacao / SP
    HORÁRIOS: quartas e quintas às 21h / INGRESSOS: R$20,00 e R$10,00 (meia) / HORÁRIO FUNCIONAMENTO DA BILHETERIA: nos dias do espetáculo das 19h às 21h / CAPACIDADE: 35 pessoas / DURAÇÃO: 90 min / GÊNERO: drama / CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 14 anos / TEMPORADA: até 14 de março
    @jspontes_comunicacao
    @mariobortolotto
    #tudoquedoi #eca #reestreia #mariobortolotto #espacoculturalcemiteriodeautomoveis #reestreia #sp #20defevereiro #21h #

    9 0 20 February, 2019
    “casamata” é espetáculo que merece #tbt. é possível pensar sobre e olhar as camadas de formação artística e humana minhas adquiridas até esse tempo de 2015 (caramba! Já são 4 anos dessa estreia!). olho pra esse trabalho e vejo a essência do que é entrega, amor, experiência “de vera” no #teatro. ao ponto de você passar dez meses com uma equipe entre elenco, direção, figurino, administrativa-burocrática e chegar perto de deixar lhe matar, de você querer matar outros e sair disso tudo; viver infinitas coisas boas e que se reverberam atualmente. é fato de um processo marcante. passei tempos com saudades de fazer uma peça infantil, que finalmente elenquei em 2018 (“pequena sereia” do @gmirante.teatro o qual amo), mas já sinto falta de um textão adulto. que venha, que eu vou acolher, pegar de jeito! #tudoescritoemminusculo #ifce #arte #ator #mariobortolotto #utopia #stalin #comunismo #cena #actor #playtheatre #tebete foto: @saraf.fotografia (profissional incrível)

    “casamata” é espetáculo que merece #tbt . é possível pensar sobre e olhar as camadas de formação artística e humana minhas adquiridas até esse tempo de 2015 (caramba! Já são 4 anos dessa estreia!). olho pra esse trabalho e vejo a essência do que é entrega, amor, experiência “de vera” no #teatro . ao ponto de você passar dez meses com uma equipe entre elenco, direção, figurino, administrativa-burocrática e chegar perto de deixar lhe matar, de você querer matar outros e sair disso tudo; viver infinitas coisas boas e que se reverberam atualmente. é fato de um processo marcante. passei tempos com saudades de fazer uma peça infantil, que finalmente elenquei em 2018 (“pequena sereia” do @gmirante.teatro o qual amo), mas já sinto falta de um textão adulto. que venha, que eu vou acolher, pegar de jeito! #tudoescritoemminusculo #ifce #arte #ator #mariobortolotto #utopia #stalin #comunismo #cena #actor #playtheatre #tebete foto: @saraf.fotografia (profissional incrível)

    65 5 14 February, 2019

Advertisements

Top #MarioBortolotto posts

Advertisements

Advertisements

Advertisements